Federer e Nadal disputarão semifinal em Wimbledon

O tenista Roger Federer, nesta quarta-feira, jogou contra o japonês Kei Nishikori. Após uma linda vitória de virada, alcançou a sua centésima vitória no torneio de Grand Slam, Wimbledon.

Apesar de Kei ter saído na frente no duelo, não conseguiu bater a técnica de Federer. No placar final, 3 sets a 1 para o suíço. 

Federer
Foto: Divulgação/Wimbledon

Com a vitória, Roger Federer conseguiu garantir a liderança na chave 2 e está classificado para a semifinal do torneio. Além da vitória centenária em Wimbledon, algo que anima o mundo do tênis é o próximo desafio que Federer terá pela frente: Rafael Nadal

Federer x Nishikori

Roger Federer não começou bem o jogo pelas quartas de final. Logo no início, ainda no primeiro game, levou uma quebra de serviço. Com o jogo no break point, Kim Nishikori conseguiu a vantagem. 

O tenista japonês valorizou a arrancada que teve no início e conseguiu se manter na frente até o fim do set. Entretanto, Nishikori não apresentava evolução durante o set. Nos 6 breakpoints que surgiram no primeiro set, Kim Nishikori conseguiu confirmar o saque apenas no último.

ANÚNCIO

Com o intervalo para o segundo set, Roger Federer pôde recuperar o fôlego e voltou com tudo para o duelo. A reação de Federer foi rápida e assustou o japonês. Do 13 pontos da etapa parcial, conseguiu marcar 12.

Com 22 minutos, o suíço fez duas quebras de serviço e encerrou a parcial. A esta altura, Kim já estava sendo dominado por Federer. Os pontos de Roger Federer, marcados com muita velocidade, marcaram a reviravolta do jogo.

Percebendo que o japonês já não conseguia resistir no fundo de quadra como antes, a pressão do suíço continuou.

No entanto, Nishikori ainda conseguiu adiar um pouco mais o domínio do suíço no jogo. No sétimo game, a virada veio. Mesmo com a resistência de Kei, característica de todo bom asiático, Roger Federer conseguiu tomar o controle completo do set.

Com a evolução de Federer no jogo, a forma de administrar as devoluções já era bem mais ofensiva. Além dos saques terem melhorado, seguiu pressionando Kei Nishikori com a melhora nas devoluções de bola.

O tenista suíço conseguiu quebrar o serviço do japonês e, com vitória no game seguinte, se classificou para a semifinal.

O próximo desafio: Rafael Nadal

Com a classificação em vitória histórica, o suíço terá um desafio interessante na próxima etapa de Wimbledon. Após disputar a semifinal de Roland Garros contra Rafael Nadal em junho, os dois se reencontrarão em mais uma semifinal. 

Nesta quarta-feira, Rafael Nadal jogou contra o tenista americano Sam Querrey e conseguiu o acesso à próxima etapa com facilidade. 3 sets a 0.

Na última ocasião em que os dois tenistas se encontraram, Nadal se saiu melhor e conquistou a vaga na final de Roland Garros.

No torneio inglês, Rafael Nadal e Roger Federer não se encontram desde a final de 2008, em que, mais uma vez, Nadal foi campeão.

Sobre o próximo encontro, Nadal disse ao The New York Times:

“É difícil imaginar estar novamente nessa situação, mas aqui estamos. Estou muito empolgado com a vitória de hoje, mas é claro que estou empolgado por voltar a jogar contra o Roger aqui em Wimbledon depois de tanto tempo.”

ANÚNCIO