Itália e Inglaterra planejam retomar futebol, após Alemanha

A volta do futebol tem sido um assunto muito discutido no Brasil e no mundo. As pessoas estão com expectativas que a pandemia seja controlada e que diversos setores da sociedade volte a funcionar normalmente e o futebol tem um destaque dentro desse contexto.

Sabemos que a volta efetiva não será possível nesse primeiro momento, no entanto, como grande parte dos torcedores estão em casa, seria uma boa pedida poder acompanhar algumas partidas de futebol. Isso poderá ser possível daqui há alguns dias, tendo em vista que alguns times já estão desenvolvendo conversas nesse sentido. 

A boa notícia é que a UEFA (União das Associações Europeias de Futebol), solicitou um posicionamento dos times até o dia 25 de maio. O objetivo é que os times apresentem os seus planos, visto que ainda faltam 600 jogos para serem realizados até o final do ano. Dentro desse anúncio, Itália, Inglaterra e Alemanha se destacaram e é sobre isso que vamos falar aqui.

Fonte: reprodução/internet

Saiba mais sobre a situação do futebol internacional e conheça os planos esportivos para um futuro próximo da Itália, Inglaterra e Alemanha. 

A UEFA está atenta e participativa dentro do cenário de pandemia

O cenário do futebol internacional está instável e um dos motivos é a questão da pandemia atual. A questão é que alguns países já estão com essa situação mais controlada e outros ainda estão na fase de pico da doença. Então, não é possível fazer uma liberação das partidas, de uma maneira geral.

ANÚNCIO

Além de estar em constante conversas com os dirigentes dos clubes europeus, a UEFA anunciou recentemente uma ajuda financeira para ajudar associações durante a pandemia. O valor doado foi o equivalente a R$ 1,4 bilhão. 55 entidades que fazem parte do bloco serão beneficiadas. 

O presidente da UEFA, Aleksander Ceferin, já anunciou que espera o retorno do futebol o mais depressa possível. Ele acredita que esse apoio representa uma união que vai contribuir para minimizar os efeitos do isolamento social em alguns países. Este apoio, consequentemente, beneficia o futebol. 

A Alemanha já está a postos para o retorno ao futebol

Estudos mostram que a Alemanha já está a frente na curva da pandemia do novo vírus. Isso significa que estatisticamente não deverão haver muito mais casos de contaminação ou morte pela doença no país. 

O fato é que todos os times da primeira divisão do Campeonato Alemão já estão treinando. Os times têm seguido as normas de saúde e, muito provavelmente, os alemães serão os primeiros a retornar aos jogos de futebol. 

O planejamento deles é que isso ocorra no início de Maio, no entanto, serão partidas que poderão ser acompanhadas apenas pela televisão. A estimativa é de que este será o formato até o final do ano.

Itália e Inglaterra estão no ensaio para a volta aos campos

O secretário de cultura do Reino Unido Oliver Dowden é a pessoa responsável pelas negociações com os clubes e já está em reuniões com autoridades médicas para discutir sobre esse assunto. O consultor médico da Premier League, Mark Gillett, também está envolvido nessas reuniões.

Eles deixaram bem claro que para o retorno do futebol, vão seguir três parâmetros principais, que são: a plena capacidade dos serviços nacionais de saúde, queda das taxas de contaminação e morte e disponibilidade de testes. 

Haverá uma reunião importante no dia primeiro de maio para avaliar essas questões e a data proposta para o retorno do futebol para Itália e Inglaterra, será 6 de junho. No entanto, os italianos ainda, propõem a volta dos treinos em 18 de maio. Nos resta aguardar as decisões que serão tomadas. 

ANÚNCIO