Guarani derrota time titular do Palmeiras em amistoso

No início da noite de ontem, o Palmeiras esteve em Campinas para realizar um amistoso contra o Guarani. A partida aconteceu no estádio Brinco de Ouro, e os bugrinos levaram a melhor sobre os palmeirenses.

Apesar de ter saído na frente, o Palmeiras sofreu uma virada e acabou sendo vencido. A derrota de ontem, quebrou uma série de 15 jogos seguidos que resultaram em resultados positivos para a equipe de Luiz Felipe Scolari. 

Guarani
Foto: Luciano Claudino / Estadão Conteúdo

A última vez que o time havia vivenciado uma derrota, foi numa rodada pela Copa Libertadores. O adversário era o San Lorenzo, que furou apenas 1 gol nos paulistas. A sequência foi de 13 vitórias e 2 empates, mantendo a invencibilidade no intervalo.

Entretanto, a quebra da linha invicta representa apenas um deslize na carreira de Felipão pelo time. O Palmeiras esbanja um excelente desempenho nas competições que atualmente está envolvido: Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Copa Libertadores.

O amistoso

O técnico Luis Felipe Scolari resolveu colocar para jogar seu time titular. O andamento do jogo começou bem, com domínio e superioridade palmeirense. Antes do primeiro minuto completar, Weverton quase marcou o gol inaugural da partida. O goleiro deu um chutão para o campo adversário que foi parar na área de Kléver. Por pouco não acontecia um gol de cobertura.

ANÚNCIO

O Guarani era dominado. Na sequência, a experiência do jogador Edu Dracena apareceu. Depois de quase conseguir marcar quando bateu um escanteio, o zagueiro recebeu o cruzamento de de Dudu e cabeceou.

A pancada na bola foi forte e Kléver não teve muitas condições para evitar o gol. A chance que o Guarani precisava para empatar, apareceu pouco tempo depois. Enquanto Vitor Feijão tentava driblar Dudu, sofreu uma falta dentro da área. Pênalti para o Bugre. 

O próprio Vitor foi para a cobrança e bateu fraco para Weverton segurar com os pés. Chance de empate desperdiçada. Com o ritmo intenso, o Verdão foi se cansando. A equipe de Felipão cedeu para o Guarani, que apareceu mais no jogo.

O perigo de empate veio quase no final da primeira etapa. Lenon armou uma bonita jogada pelo lado direito do campo e cruzou para Michel Douglas bater. O chute saiu pela lateral.

Guarani é superior no segundo tempo

Aproveitando a oportunidade do amistoso, Felipão usou todas as possibilidades de substituição e testou Victor Luis, Raphael Veiga, Jean e Carlos Eduardo na volta para o segundo tempo. Com a nova formação veio o empate.

Aos 13 do segundo tempo, o novo zagueiro em campo marcou uma falta perigosa. Victor Luis não soube marcar Diego Cardoso na grande área e deu mais uma penalidade para o Guarani. Dessa vez, o Bugre não deixou passar a oportunidade e marcou o gol.

Após o empate, Felipão ainda fez mais 5 alterações no time. A equipe perdeu o entrosamento e não conseguiu criar muito no segundo tempo. Nos últimos momentos da etapa, aos 30 minutos, Bady aproveitou a sobra da cabeçada de Deivid Souza na trave e marcou o segundo gol do Guarani.

Fim do recesso

O Palmeiras volta a ter jogos oficiais na próxima semana. Entretanto, antes do retorno, realizará um último jogo-treino contra o Operário-PR. Felipão irá escalar o jogadores que não tiveram oportunidade de jogar no amistoso de ontem.

O primeiro confronto oficial, após o recesso, será contra o Internacional, pelas quartas de final da Copa do Brasil. Em seguida terá um jogo contra o São Paulo no dia 13, pelo Campeonato Brasileiro.

Da mesma forma, o Guarani retorna às atividades após o fim da Copa América. Na próxima segunda-feira irá duelar com o CRB, pela série B do Brasileirão. O time de Osmar Loss luta para sair da vice-lanterna do campeonato.

ANÚNCIO