Futebol para garotas – Sonhos, possibilidades e realizações

Há algum tempo, era um absurdo ter campeonatos oficiais para garotas. Sim, até existia o futebol feminino, mas, a valorização e o respeito pertenciam apenas a meninas que estavam em clubes oficiais. No entanto, atualmente, é possível perceber que novos horizontes foram abertos para jogadoras.

As possibilidades reais para uma menina apostar no futebol como carreira não eram nada animadoras. Começando pelo fato de que ela não teria, literalmente, onde começar. Não tinha escolinha para menina. Também não teria onde jogar, não havia campeonato para meninas, os clubes eram poucos, os de base inexistiam.

Amor pelo futebol é real e chega a ser um vício para muitos brasileiros, seja no ato, jogando com os amigos ou profissionalmente, ou também, como passatempo assistindo aos jogos. Mas, muitas pessoas têm dificuldade de aceitar que, sim, futebol também é “coisa de menina”. 

futebol
Foto: (reprodução/internet)

Relatos de uma garota sonhadora

Sophia Faria Borssato, de 11 anos, não esconde a vontade em vencer no futebol e divide a bola; cai bruscamente e se levanta para marcar firme antes mesmo que o adversário pudesse sair jogando.

Nas embaixadinhas, a língua pra fora mostra o capricho que a menina tem pelo objeto que também é indispensável nos momentos de lazer com o pai e o irmão gêmeo, Joaquim, que também treina na mesma categoria.

ANÚNCIO

Sophia diz que: “Eu jogo bola desde os dois anos de idade. Tenho sonho de ser jogadora, igual Marta. Vejo vídeos dela na internet e também na televisão e vou gostando.” – revela a menina entre sorrisos tímidos.

A mãe observa o treino do lado de fora com orgulho da filha que demonstra interesse e não se intimida no meio dos garotos. Ela revela que Sophia sempre quis treinar futebol. 

Tem espaço sim, ok?

Apesar de raros, os espaços que aceitam meninas são existentes em diversos lugares do nosso país. No entanto, não é nada fácil encontrar e, consequentemente, a concorrência é gigantesca.

Supere seus medos

Se esse é o seu sonho, corra atrás e vá à luta. Pois, se você ama futebol e quer se aperfeiçoar nele, procure as escolinhas que aceitam garotas e, ainda que, você seja a única ou uma das poucas. Destaque-se!

Veja como uma forma de destaque, uma oportunidade de mostrar que futebol é coisa de garota sim! Jogue como uma garota, supere as suas inseguranças e mostre que não existe diferença de talentos entre meninos e meninas.

Se aperfeiçoe 

Frequente aos treinos e descubra em qual posição se destaca durante os jogos. Vamos pensar juntas: você sabe que é difícil ter escolinhas para garotas, que é complicado se destacar entre os garotos e que existem pouquíssimos clubes oficiais. Então, esta é uma ótima forma de ser reconhecida e vista por quem entende do assunto.

É uma matemática sem erro. Se existe pouca concorrência é grande a possibilidade de destaque e reconhecimento para as jogadoras de futebol. Não desista, quanto maior a dificuldade, mais méritos você receberá por chegar em lugares altos. 

Cuide do seu corpo

Os meninos podem ser mais fortes fisicamente, mas, futebol não tem nada a ver com força, mas, com técnica, habilidade e talento. Então, tenha um preparo físico de excelência, separe um tempo para o treino.

Tambémé importante cuidar da sua alimentação e do seu corpo. Dessa forma, conseguirá evitar dores e problemas de saúde futuros. Outra necessidade é dormir bem: jogadores de futebol precisam estar descansados e com disposição para o treinamento do dia seguinte.

Inspire-se e desenvolva técnicas que deram certo

Para que exista o aperfeiçoamento, além dos treinos, é bom verificar as técnicas de quem conseguiu vencer na carreira de jogador. Ou seja, aprenda com quem obteve sucesso e realização pessoal. Procure as técnicas de jogadas de grandes jogadoras, como a Marta. Sem dúvidas, esta é a ídola brasileira de futebol feminino. 

Aprenda o melhor com as melhores, veja vídeos, leia a biografia, busque se inspirar nas jogadas e nos passos que a pessoa seguiu para obter êxito na profissão. Mas, não se esqueça, a sua identidade importa. 

Não deixe de ser você e desenvolva também as suas próprias habilidades e talentos. Pois, somente assim, você terá um diferencial e, quem sabe um dia, jogadoras como a Marta, irão utilizar as suas técnicas. Já pensou nisso? Portanto, seja autêntica, garota.

Conclusão

Toda garota é única, o talento não é relacionado ao gênero de ninguém, mas sim, à dedicação e ao aperfeiçoamento de habilidades pessoais. Portanto, jogue como uma garota e brilhe!

ANÚNCIO