Cruzeiro vive maior crise do futebol mundial, diz vice-presidente.

O Cruzeiro Esporte Clube não está vivendo um bom momento em sua história. Após denúncia no programa Fantástico, o clube vive 30 dias intensos de crise.

Cruzeiro
Fonte: Desconhecida

A denúncia, pode explicar a ausência de títulos das últimas temporadas. O ambiente nos bastidores não é dos melhores e os conflitos entre a atual gestão e a oposição piora a cada dia mais.

Entenda o caso

No mês passado, o clube emitiu uma nota para se defender de denúncias que estavam sendo levantadas contra a atual gestão da diretoria, a respeito de ilegalidades no financeiro. 

Entretanto, uma matéria divulgada no Fantástico, atenuou mais ainda o caso. Na matéria, foi feita uma denúncia sobre um empréstimo feito pelo clube com o empresário Cristiano Richard dos Santos Machado. O valor da transação é equivalente a R$ 2 milhões. 

Para eliminar a dívida, o Cruzeiro tomou medidas que fizeram aumentar as irregularidades. Entre as providências tomadas, estava a cessão de direitos econômicos de jogadores que ainda estão nas categorias de base. De acordo com a FIFA, a postura não é permitida e inaceitável.

ANÚNCIO

Além dos atletas de base, alguns jogadores do time profissional também foram afetados. Entre eles estão David, Raniel e Cacá.

Entretanto, os desvios de conduta no financeiro do clube são muitos e o empréstimo citado apenas revela parte do que tem acontecido. Existem ainda acusações sobre falsidade ideológica, lavagem de dinheiro e pagamentos suspeitos. 

Clima sobrecarregado no Cruzeiro

Para o vice-presidente do Cruzeiro, Ronaldo Granata, pode-se afirmar que o clube está passando pela pior crise do futebol mundial. O vice ainda deu a entender que a expectativa não é das melhores para que essa fase passe logo, mas que ainda tem muita coisa para acontecer no cenário.

“Tem muita gente boa dentro do conselho do Cruzeiro, preocupado com a instituição. Tem mais coisas vindo aí”

O dirigente foi eleito na chapa de Wagner Pires, entretanto, atualmente está rachado com o grupo político que esteve aliado durante as eleições do Cruzeiro. Essa relação torna o clima ainda mais pesado, pois Granata passou a defender o afastamento do presidente e do também vice Itair Machado, até que se concluam as investigações sobre o caso. 

Sobre o trato com Wagner Pires, Ronaldo Granata deixa claro que tudo está diferente. Quando perguntado, em entrevista à ESPN, sobre a relação com o antigo aliado político, deixou claro:

“É cordial e fria. Dou ‘bom dia’ e ‘boa tarde’”.

O desempenho do time

Quando questionado a respeito da situação, o técnico atual do clube, Mano Menezes, é cuidadoso com as palavras, mas deixa claro que a tensão tem atravessado os limites do campo. É notório que o time está abalado no campeonato que disputa hoje, principalmente por alguns dos componentes do elenco estar precisando lidar com a alienação de direitos em meio à crise.

A raposa amarga 9 partidas no Campeonato Brasileiro sem vitórias e precisa contornar o cenário da baixa colocação, posicionada atualmente em 18º. Por sua vez, a equipe técnica não esconde o medo em ter que assistir a um rebaixamento inédito na história do Cruzeiro Esporte Clube nesta temporada de 2019.

ANÚNCIO