Bernardinho relembra polêmica na carreira e fala sobre Neymar

Nada como um bom treinador para desenvolver bem o potencial de uma equipe ou um time. No mundo dos coachings, um nome de grande importância é o de Bernardinho, ex-técnico da seleção brasileira masculina de vôlei.

Nesta semana, o economista e empresário esteve em um bate papo no programa Conversa com Bial e deu algumas declarações polêmicas. Entre elas, relembrou a discussão que teve com o José Roberto Guimarães, um antigo colega de profissão. Bernardinho também surpreendeu quando falou sobre Neymar e como seu potencial ainda não foi explorado.

Bernardinho
Foto: (reprodução/internet)

Quer saber mais sobre esta entrevista? Continue a leitura deste artigo e entenda melhor o ponto de vista do ex-técnico sobre o jogador do PSG e a sua explicação para o desentendimento com Zé Roberto.

Um tema polêmico na carreira: José Roberto Guimarães

Já faz 15 anos, mas o clima ruim entre Bernardinho e Zé Roberto nunca melhorou. Em 2004, a esposa de Bernardinho, Fernanda Venturini, era a levantadora da seleção brasileira na Olimpíada de Atenas. Nesta edição do evento, o time pelo qual jogava foi eliminado pela Rússia nas semifinais, de virada.

Após o ocorrido, Venturini mostrou para o marido alguns vídeos para explicar os lances do jogo contra a seleção russa. A ideia era tentar explicar o que tinha ocasionado o pane da equipe em quadra naquele dia. Mas, ao saber disso, o treinador Zé Roberto não gostou nem um pouco e acusou os dois de estarem se intrometendo em seu comando.

ANÚNCIO

Na época, Bernardinho era mandante da seleção masculina, a qual saiu campeã das Olimpíadas. Quando questionado a respeito, ele não deixou de elogiar as conquistas do colega e afirmou:

“Uma coisa é a diferença pelo profissional, que ele é um ser indiscutível. Eu só posso elogiar e reconhecer. Mas houve um fato e aí foi pessoal, uma situação pública. Eu acho que as coisas têm limite. Discussões e desacordos podem acontecer, mas quando você coloca em dúvida o caráter de alguma pessoa, isso para mim é o limite”.

Sobre ter alguma relação ou contato com o ex-colega de trabalho, ele deixou claro que o vínculo ainda existente não é dos melhores: “Eu cumprimento e tal, mas não tem relação fora. Isso é fato. Não é uma relação que some para o esporte, para o voleibol. Não há interação”.

Bernardinho fala sobre Neymar

Treinador de vôlei é apenas uma das várias habilidades de Bernardo Rezende. Profissionalmente falando, ele também se aventura no mundo empresarial, de palestras e no coach.

Com esta experiência, Bernardinho falou sobre o atacante do PSG, Neymar Junior. De acordo com o seu pensamento, ele acredita que conseguiria ajudar o craque a ser um jogador ainda melhor, com nível de conquista que ele merece, auxiliando na gestão de sua carreira.

“Confesso que minha essência é essa, é ser treinador, coach, orientador. O que tem que Neymar pode melhorar? Tem sempre alguma coisa, acho que tem muita coisa. Vai viver um momento difícil no PSG, eu gostaria muito de poder ajudar de alguma forma. Não estou propondo nada, mas quem sabe? Porque eu acho que ele tem tanto potencial”

É válido ressaltar que seu filho, Bruninho, é amigo íntimo de Neymar. Esta ligação facilitaria o contato entre os dois. Bernardinho completou dizendo:

“Qual a grande frustração de um treinador? Do pai, do amigo? É quando você vê alguém com um grande talento não realizar aquele potencial todo. Imagina nós, brasileiros, vendo esse talento todo, e ele termina a carreira sem ganhar uma Copa do Mundo? Nós vamos ficar frustrados como torcedores. Como treinador, alguém do esporte, ainda mais. Você vê aquilo e falar ‘ele não fez aquilo que poderia ter feito’. Porque é um dos grandes craques da história do esporte”.

ANÚNCIO