Sóbis marca e Inter bate o São Paulo no Brasileirão

Com a conquista da classificação para a final da Copa do Brasil, Odair Hellmann precisa de cautela para conciliar os confrontos do Inter no Campeonato Brasileiro. Em campo com os reservas contra o São Paulo neste sábado, o nome da noite foi Rafael Sóbis. Aliás, esta não é a primeira vez que Sóbis, com a camisa do Inter. frustra os planos da equipe paulista.

O placar do jogo entre colorados e tricolores terminou em 1 a 0 para os donos da casa, o Beira-Rio. Nem a escalação alternativa foi suficiente para frear o bom momento vivido pelo Inter em 2019. Com a vitória, a equipe gaúcha chega aos 30 pontos no torneio, garantindo uma boa colocação no fim da rodada deste sábado.

Sóbis
Foto:(reprodução/internet)

Jogo seguro e imposição do Internacional

Obviamente, o nível de diálogo no campo entre os reservas não é o mesmo encontrado entre os titulares responsáveis pela classificação do Inter à final da Copa do Brasil. Mas, mesmo assim, a equipe escalada no jogo de ontem surpreendeu quem estava na arquibancada.

Apesar de estar jogando em casa, o início do duelo com o tricolor foi um pouco tímido para a equipe de Odair Hellmann. Porém, este foi um breve momento vivido na partida, pois nos minutos seguintes o Inter conseguiu tomar as rédeas e passou a ditar o ritmo no campo.

No primeiro tempo, o Inter quase abriu o placar em um contra-ataque com Rafael Sóbis. Sóbis aproveitou a chance e disparou com a bola para o campo adversário. O atacante bateu forte para o gol, mas Tiago Volpi foi rápido na defesa e freou a tentativa de gol aos 35 minutos do primeiro tempo.

ANÚNCIO

O descanso de Volpi não duraria muito tempo. Pouco tempo depois, Hudson pegou a bola de um escanteio bem fechado e quase fez um desastre. O desvio do jogador deixou Volpi atrapalhado com a bola e por pouco não mandou para dentro, marcando contra.

Na volta para o segundo tempo, o Inter manteve a boa postura e seguiu dando o ritmo da partida. Logo nos três minutos iniciais, Sóbis tentou mais uma vez. No entanto, o atleta não calibrou bem o chute e acabou isolando a jogada. Aos 15 minutos, Guilherme Parede cabeceou e levou perigo para a meta de Volpi, que mais uma vez salvou o São Paulo.

Aos 31 minutos, Hudson bateu a mão na bola dentro da área, o que conferiu a oportunidade de um pênalti para o Inter. Na cobrança, Sóbis bateu com precisão, sem chances de Tiago Volpi conter e marcou o gol da partida.

Sóbis já foi assombração para o tricolor

É impossível falar de uma partida entre São Paulo e Internacional e não lembrar da marcante final da Copa Libertadores da América em 2006. Naquele ano, o tricolor era o atual clube campeão do mundo, mas isso não assustou o time gaúcho.

O primeiro jogo da final foi realizado no Estádio Morumbi. O que deveria ser uma vantagem para o São Paulo, acabou se tornando motivo de uma maior vibração para a equipe do Inter. O placar de 2 a 1 para o colorado levou uma realidade muito favorável para Porto Alegre, onde o clube foi campeão daquela edição da Libertadores.

No entanto, assim como o jogo deste sábado, naquela noite de 9 de agosto de 2006, a partida teve um nome: Rafael Sóbis. O atacante foi o autor dos dois gols, os quais conseguiu marcar dentro de um intervalo de apenas 8 minutos.

ANÚNCIO