Jorge Jesus comemora mais uma vitória do Flamengo

Neste sábado, o Flamengo entrou em campo para mais uma partida no Campeonato Brasileiro de 2019. Vivendo um bom momento de sincronia entre Jorge Jesus e o elenco, o rubro-negro bateu o Santos no Maracanã com um único gol, de Gabriel Barbosa, o famoso Gabigol. O técnico não economizou na hora de elogiar a equipe em entrevista posterior.

No intervalo entre as etapas, um mal entendido quase causou uma verdadeira confusão entre os dois clubes. Em um cumprimento português de Jorge Jesus, o lateral-esquerdo do Santos ficou ofendido e acusou o técnico de lhe dar um tapa na cara. Apesar do atrito, no fim, as coisas se resolveram.

jorge jesus
Foto:(reprodução/internet)

Continue a leitura deste artigo para saber mais sobre este confronto que marcou o desfecho do primeiro turno no Brasileirão.

Jorge Jesus e os três tapinhas

Quase que um cumprimento sem grandes pretensões se tornou motivo de um maior atrito entre Santos e Flamengo. O lateral-esquerdo do peixe, Jorge, não gostou nada do tipo de cumprimento que o mandante do Fla fez, batendo três vezes em seu rosto.

O fato ocorreu enquanto o jogador estava se preparando para ser entrevistado pelo canal Premiere. Jesus chegou perto, deu os tapinhas e saiu logo depois. Jorge, que já estava na frente do microfone, expressou a sua indignação no momento, dizendo: “Ele deu um tapa na minha cara. Não sei pô”.

ANÚNCIO

No entanto, não demorou muito para que o treinador português e o atleta alinhassem as coisas novamente. Logo na sequência, quando se encontraram no túnel que leva até ao vestiário, Jorge Jesus abraçou o jogador de lado e falou algumas coisas. Com isso, não restaram dúvidas de que a polêmica que se iniciou na saída do gramado não era necessária.

Aliás, com o bom momento vivido pelo Flamengo neste ano, não teria nem razão de o mandante ir arrumar confusão com alguém. Àquela altura da partida, o rubro-negro já estava na frente com o placar que foi aberto por Gabigol. O lateral até chegou a dizer: “É uma vergonha tomar um gol desses, temos que entrar com mais atenção.”

Professor orgulhoso com desempenho da equipe

Não é de se esperar nada menos que satisfação sobre o desempenho que o Flamengo tem apresentado até aqui na temporada. Aliás, este bom sentimento não vem apenas do torcedor rubro-negro, mas também da beira do campo.

Em entrevista coletiva realizada após a vitória dos cariocas, Jorge Jesus chegou a comparar a performance de sua equipe com a de clubes tradicionais da Europa. O português ainda deixou um ar de dúvida se este não seria o melhor time que ele pôde treinar em toda a sua carreira.
“Vou dizer aos jogadores. Jogo do nível de Barcelona, Real Madrid, Manchester… Podem escolher. Foram o que fizeram o Flamengo e Santos. Foram poucas chances. Times se defenderam bem. Santos não teve chance de gol. O zagueiro do Santos tinha que ter sido expulso”

E continuou:

“Já me perguntei isso… se é o melhor time que já treinei. Pode não ser a melhor, mas tenho minhas dúvidas. No primeiro ano de Benfica tinha uma equipe fabulosa. Cardozo, Saviola, Di Maria, Ramires, Aimar… Equipe criativa. Não sei qual é melhor”.

Vencendo seis vezes seguidas no Brasileirão e apresentando a melhor campanha no primeiro turno do torneio, é de se deixar qualquer um em dúvidas. Além da possibilidade em levar a taça do nacional, o clube está classificado para disputar a semifinal da Copa Libertadores da América.

ANÚNCIO