D’Alessandro pode atingir número inédito de copas no Brasil

Nas idas e vindas que os jogadores de futebol passam em suas carreiras, é difícil encontrar um atleta que permaneça mais de 10 anos em um clube. Nesta lista restrita de futebolistas, o argentino D’Alessandro já completa 11 anos com a camisa do Internacional.

Na temporada de 2019, o craque pode chegar a uma marca inédita de conquista de copas por um único clube. Na Copa do Brasil deste ano, o Internacional é um dos finalistas e decidirá o título em casa, na próxima quarta-feira.

D'Alessandro
Foto: (reprodução/internet)

Continue a leitura deste artigo e saiba mais sobre as copas que D’Alessandro conquistou pelo Inter. Aos 38 anos, este pode ser o último ano da carreira do argentino.

Uma Copa inédita: Sul-Americana

O ano da chegada de D’Alessandro no Beira-Rio, em 2008, foi marcado por uma conquista inédita no futebol brasileiro. O Internacional, que vivia um ótimo momento entre os anos de 2005 e 2011, foi o primeiro clube do Brasil a conquistar a Copa Sul-Americana. Naquele ano, o rival foi o Estudiantes, clube argentino, assim D’Ale.

Depois desta conquista, o feito só voltou a se repetir por um outro time brasileiro em 2012, quando o São Paulo derrotou o Tigre, outro time da Argentina. Em 2016, depois do acidente aéreo que marcou o Brasil, a Chapecoense também foi considerada campeã. Por último, o Athletico Parananse conseguiu levar a taça da competição para casa no ano passado.

ANÚNCIO

Inter bicampeão da América

Em 2010, D’Alessandro foi um dos protagonistas da conquista da Copa Libertadores da América. Naquele ano, o Inter se igualou ao seu maior rival, o Grêmio, no número de Libertadores conquistadas.

A final, contra o Chivas Guadalajara (clube mexicano), teve um placar agregado de 5 a 3 para o colorado. Apesar de não ter marcado nenhum gol no jogo decisivo, D’Alessandro foi considerado um dos homens da partida. Na época, quem comandava o Inter era Celso Roth.

D’Alessandro e a Copa do Brasil 2019

Aos 38 anos de idade, o argentino acumula bons momentos e memórias no clube de Porto Alegre. No entanto, ainda existe uma copa a ser conquistada por D’Alessandro: a Copa do Brasil.

Em 2009, quando ele já estava no Beira-Rio, o Inter também chegou à final da competição e duelou contra o Corinthians. No entanto, os colorados acabaram empatando o jogo em 2 a 2 em Porto Alegre após serem vencidos por 2 a 0 no Pacaembú.

Neste ano, D’Ale precisou dar tchau ao título. Mas, a segunda oportunidade veio: o Inter é o segundo finalista da Copa do Brasil de 2019. Prestes a encerrar a sua carreira, D’Alessandro tem a importante missão de ajudar o time a levar a taça e emplacar a sua terceira copa pelo time.

Vale ressaltar que, no Brasil, não existe nenhum jogador tão copeiro quanto o capitão do Internacional. O único atleta que conseguiu esta marca foi o meia Cícero, que hoje joga pelo Botafogo. Porém, as conquistas foram em três clubes diferentes.

O desfecho da Copa do Brasil deste ano acontece na próxima semana, dia 18 de setembro. O primeiro jogo, na Arena da Baixada, terminou em 1 a 0 para o Athletico Paranaense. O Inter e D’Alessandro precisarão correr atrás do prejuízo.

ANÚNCIO