Cueva se emociona ao falar de filha prematura em entrevista

No mundo do futebol, a vida é uma verdadeira correria. Os jogadores precisam estar dispostos a, constantemente, despedirem-se de suas famílias para fazerem viagens longas a favor dos clubes que defendem. Para os atletas de seleções, esta correria pode ser um pouco maior. Este é o caso de Christian Cueva, jogador da seleção peruana.

Cueva se apresentou nos Estados Unidos para a série de amistosos que a seleção do Peru irá enfrentar nos próximos dias. Aproveitando a oportunidade, foi realizada uma entrevista com o atleta, a qual trouxe bastante comoção. Os últimos dias não têm sido fáceis para a família do peruano.

Cueva
Foto: (reprodução/internet)

A seguir, continue a leitura deste artigo e entenda mais sobre os últimos acontecimentos que envolvem a vida do meia de 27 anos.

Cueva se emociona com problemas de saúde da filha

Aqui no Brasil, Christian Cueva ficou mais conhecido após a sua passagem pelo São Paulo Futebol Clube. No entanto, com toda sua habilidade e carisma, a torcida que o jogador tenta encantar atualmente é a do rival alvirrubro, o Santos.

Nos próximos dias 5 e 11, a seleção do Peru estará envolvida em partidas amistosas contra Equador e Brasil, em sequência. Após sua apresentação à delegação em Nova York, a Movistar TV, emissora peruana, fez uma entrevista com o meia santista.

ANÚNCIO

Na ocasião, uma frase serviu para deixar em bastante evidência o momento difícil que o jogador atravessa. Segundo Cueva, uma grande motivação para ele tentar recuperar os dias de glória de sua carreira é a filha mais nova.

Em julho, a caçula Gianna Pamela teve um nascimento prematuro, no sétimo mês de gestação. Em razão disto, a correria do jogador foi significativamente atenuada. Afinal, desde o nascimento da pequena, o peruano já precisou viajar ao país natal duas vezes para dar apoio a Pamela López, sua esposa.

Devido à interrupção necessária da gravidez, a pequena Gianna teve muitas complicações de saúde nos dias que sucederam o parto. No total, foram 39 dias internada em uma incubadora para tentar diminuir os efeitos do nascimento precoce.

A boa notícia é que, na semana passada, a caçula foi liberada pelos médicos e já está em casa. Gianna Pamela é a terceira filha do jogador da seleção peruana.

“Estou muito feliz por minha filha ter evoluído bem. É o principal para mim. Nada está acima dos meus filhos. Deus me colocou muitas provas no caminho e me demonstrou que não solta a mão. Agora cabe a mim brindar isso aos meus filhos, principalmente para a Gianna. Posso lutar contra o que estou passando como ela fez”

O mal momento atravessado pelo jogador

Além do baixo rendimento que o peruano tem apresentado atualmente no Santos, com apenas um gol em 15 partidas, ele foi alvo de uma polêmica nos últimos dias. Após a vice-colocação do Peru na Copa América, Cueva exagerou na quantidade de álcool na comemoração e acabou dando um vacilo.

Quando saiu da festa, partiu para o estacionamento de um aeroporto e acabou sendo flagrado urinando em público. No entanto, o jogador assumiu seu erro e comentou sobre uma conversa com Ricardo Gareca, mandante da seleção do Peru.

“Tive uma conversa longa com ele (o técnico Ricardo Gareca). Há coisas extracampo que conversamos. As coisas estão mais claras que nunca. Joguei final da Copa América e, em contrapartida, tive atitudes que poderia evitar. Sou ser humano, tenho direito a errar, não?”

E continuou:

“Todo mundo sabe o que passou (no aeroporto). Crianças viram e eu tenho filhos. Me senti envergonhado, mas tive calma para enfrentar isso e pedir desculpa a todos. Eu nunca fiz antes, mas já foi. Nem eu acreditei (quando viu na televisão). É algo que às vezes escapa das mãos e o único responsável sou eu”.

ANÚNCIO