Atlético Mineiro comemora 50 anos de vitória histórica

Dentro da história do futebol brasileiro, existem algumas partidas que são impossíveis de se esquecer ou não lembrar quando fazem aniversário. Este é o caso do duelo travado entre o Atlético Mineiro e a Seleção Brasileira em 1969.

Nesta terça-feira, são comemorados os 50 anos da vitória da equipe mineira sobre a seleção que, provavelmente, é a melhor de todos os tempos. Com muito esforço e emoção, o Atlético Mineiro conseguiu bater por 2 a 1 o grupo do técnico João Saldanha.

atlético mineiro
Foto: (reprodução/internet)

Este é um ótimo episódio para ser relembrado. Ficou interessado? Continue a leitura deste artigo para entender mais sobre este famoso confronto, jamais esquecido pela torcida atleticana.

Atlético Mineiro faz história

Entre as inúmeras partidas memoráveis que o gramado do estádio Mineirão já foi palco, uma delas, sem dúvidas, é aquela em que Atlético Mineiro e Seleção Brasileira entram em campo. No dia 3 de setembro de 1969, a capital de Minas Gerais abrigava uma noite mágica para o futebol mineiro.

Para este dia, foi marcado um amistoso para a seleção que, na época, era conhecida como as “Feras de Saldanha”. A intenção da partida era preparar ainda mais a equipe nacional para a Copa do Mundo de 1970. Àquela altura, já estavam sendo realizadas as Eliminatórias e o grupo tinha um resultado invejável. Seis vitórias em seis jogos, com apenas 2 gols sofridos.

ANÚNCIO

Então, o Atlético Mineiro foi o clube escolhido para duelar com a seleção que aterrorizava seus adversários em campo. É claro que a expectativa era de uma verdadeira goleada sobre os mineiros, mas, não foi exatamente assim que este encontro terminou.

Afinal, o grupo comandado por Dorival Knipel também estava vivendo um excelente momento. Naquela época, o elenco estava sendo formado, predominantemente, pelos atletas formados na base do clube. Dois anos depois, os mineiros iriam conquistar a taça do campeonato nacional.

O ex-atacante do Atlético, Dario, comenta com muito carinho sobre a partida daquela noite. O sentimento não é apenas do ex-jogador, mas também de todos que assistiram ao espetáculo. Esta característica torna a ocasião uma das mais importantes na história do Mineirão. “Foi o dia em que o Galo ganhou da melhor seleção de todos os tempos”, afirma Dario.

Breve resumo da partida

O primeiro gol do jogo lendário, veio quase no fim do primeiro tempo. Aos 42 minutos, Amauri Horta balançou a rede da meta do goleiro Mussula. Mas, o empate veio logo na inauguração da segunda etapa. O Rei do Futebol, Pelé, marcou logo aos 5 minutos.

No entanto, este não seria o último gol da partida. Para deixar a sua marca e mostrar a Saldanha quem ele era, Dario marcou e desempatou o duelo, conferindo vantagem ao Atlético Mineiro.

A principal motivação do ex-atacante, veio pouco tempo antes do jogo. Enquanto ouvia a uma entrevista do técnico da seleção, Dario percebeu que havia sido diminuído. As declarações de Saldanha foram a chave para a vitória dos mineiros.

“Um repórter me mostrou uma entrevista do Saldanha afirmando que no Brasil existiam outros 10 atacantes melhores do que eu. Comprei briga com ele na hora. Eu xinguei o Saldanha e disse que a Seleção estava invicta porque não havia enfrentado o Atlético com Mineirão lotado”

Pouco tempo após a derrota, o mandante foi demitido, abrindo a vaga para Zagallo assumir. No ano seguinte, a seleção brasileira foi campeã mundial e Dario era um dos atacantes do elenco da conquista.

ANÚNCIO