Ronaldinho dá primeira entrevista após prisão: confira

Ronaldinho Gaúcho, ex-jogador de futebol muito amado no Brasil, está preso no Paraguai juntamente com o seu irmão, por portar documentos falsos. Ambos foram pegos em flagrante na mesma situação.

O jogador se declara inocente e garante que não sabia da ilegalidade dos documentos. Detido desde 7 de março, o Ronaldinho ainda não tinha tido a oportunidade de se pronunciar sobre o caso e recentemente concedeu uma entrevista para um TV Paraguaia ABC Color.

O ex-atleta apontou em sua entrevista que está bem e que sua maior preocupação atualmente é com a sua mãe que está sofrendo com a prisão dos dois filhos e ainda está precisando enfrentar os desdobramentos da pandemia atual, sozinha. Ronaldinho ainda revelou mais alguns detalhes importantes sobre a sua prisão e nós vamos mencioná-los aqui.

ronaldinho preso
Foto: (reprodução/internet)

Saiba mais sobre a prisão de Ronaldinho Gaúcho e acompanhe a sua entrevista exclusiva a seguir, na continuação deste artigo.

Entenda o caso

No dia 7 de março, o Brasil ficou chocado com a cena do ex-jogador futebol Ronaldinho Gaúcho, sendo conduzido para uma audiência de custódia no Paraguai para prestar esclarecimentos acerca do uso de passaporte falso. Na ocasião, ele cobria as algemas com um pano.

ANÚNCIO

A justiça paraguaia acreditava que existia um perigo de fuga e, por isso, manteve detidos os dois brasileiros, Ronaldinho e seu irmão Roberto de Assis Moreira. O caso sofreu uma reviravolta, porque a promotoria tentou apresentar o caso no que eles chamam de critério de oportunidade.

Trata-se de uma brecha no Código Penal paraguaio em que acusados que não possuam antecedentes criminais, possam confessar o crime e receber a soltura. No caso do Ronaldinho, esse recurso não foi aceito e ele precisou permanecer preso.

Prisão domiciliar de Ronaldinho gaúcho

Os advogados do jogador, tentaram a prisão domiciliar no primeiro momento. No entanto, ela não foi aceita e Ronaldinho, juntamente com o seu irmão, precisou passar um período na prisão em uma cela simples.

Eles têm direito a cama, chuveiro, televisão e podem fazer um telefonema por dia. Após passar 32 dias nessas condições, o juiz autorizou que Ronaldinho gGaúcho e seu irmão, cumprissem prisão domiciliar. Desde então, eles estão em um hotel na capital do Paraguai.

Eles estão sob custódia policial e precisaram depositar um valor equivalente a 8,3 milhões de reais como garantia de que não irão fugir até o final do processo.

Quem é o culpado do caso?

Ronaldinho Gaúcho e seu irmão alegam que estavam viajando para o Paraguai para tratar de assuntos comerciais. O fato é que eles relatam ter saído do Brasil com os seus documentos e chegando ao Paraguai, teriam recebido documentos falsificados do empresário do jogador, Wilmondes Sousa.

Wilmondes por sua vez, aponta a empresária paraguaia Dália Lopez por ter providenciado os documentos falsos, alegando que ele foi somente um intermediário. Foi ela quem financiou a viagem de Ronaldinho Gaúcho e está sendo investigada desde setembro de 2019 por lavagem de dinheiro e evasão fiscal.

Por conta desse caso, além de Ronaldinho e seu irmão, estão presos o empresário Wilmondes Sousa e duas mulheres, que seriam as donas dos passaportes adulterados.

Primeira entrevista de Ronaldinho após a prisão

Ronaldinho concedeu uma entrevista para um canal da TV paraguaia intitulado ABC Digital. A emissora anunciou a entrevista em seu Twitter e você pode conferir a entrevista na íntegra, clicando aqui.

Ronaldinho dá primeira entrevista após prisão: confira
Fonte: reprodução/internet

Na ocasião, Ronaldinho falou um pouco a respeito de sua carreira, sua relação com o Paraguai e ao final ele comenta sobre o caso. O destaque vai para a preocupação do jogador com a mãe, mediante a prisão dos seus dois filhos. O processo ainda não teve um desfecho e nos resta aguardar os últimos capítulos dessa história.

ANÚNCIO