Acompanhe todas as notícias sobre Surf nas Olimpíadas de 2020

Aos amantes do surfe, saiba que o esporte fará parte das Olimpíadas de 2020, um ano de muita emoção e torcida. Afinal, pela primeira vez o esporte fará parte do programa olímpico. Além do surfe, teremos a inclusão de modalidades como: escalada, caratê, beisebol e softbol, mudança proposta pelo Comitê Olímpico Internacional (COI).

Na última década, o Brasil pôde mostrar que é uma das potências do surfe no mundo, tudo isso ao lado do Havaí, Estados Unidos e Austrália, que são grandes nomes para as Olimpíadas de Tóquio em 2020.

olimpiadas 2020
Foto: (reprodução/internet)

Em 2014, Gabriel Medina conquistou o histórico título mundial e quebrou a hegemonia de 38 anos dos países com tradição no esporte. Isso se repetiu com o Mineirinho, Adriano de Souza, que liderou o ranking mundial.

A Liga Mundial de Surfe (WSL), representante de dois mil surfistas profissionais, liberou para o maior evento esportivo do mundo e declarou o seu apoio ao COI e à ISA (Associação Internacional de Surfe).

Um dos maiores fatores para a decisão do Comité Olímpico Internacional(COI), de incluir o esporte nas Olimpíadas, foi a popularidade e aumento da audiência nas transmissões. O que resulta em uma grande possibilidade para atrair patrocinadores.

ANÚNCIO

O surfe e a qualificação para as Olimpíadas de 2020

A qualificação dos surfistas que estarão presentes em Tóquio 2020, assegura a participação dos melhores surfistas profissionais. Os elementos chaves de participação são os seguintes:

– 20 homens, 20 mulheres;
– Máximo de 2 surfistas por gênero por Comité Olímpico Nacional (CON);
– Determinados sob ordem hierárquica, ou seja, se dois surfistas do mesmo sexo se qualificarem através da primeira ordem, o CON não é capaz de qualificar mais surfistas do mesmo gênero através de eventos de menor porte;
– Todos os surfistas selecionados pelas federações para as suas equipes nacionais devem participar nos ISA World Surfing Games de 2019 e 2020 para serem elegíveis para a qualificação Olímpica.

E de acordo com a ordem hierárquica a qualificação será da seguinte maneira:

  • 2019 WSL Championship Tour: primeiros elegíveis 10 homens e 8 mulheres qualificadas;
  • 2020 ISA World Surfing Games: primeiro elegíveis 4 homens e 6 primeiras mulheres qualificadas;
  • 2019 ISA World Surfing Games: 4 homens e 4 mulheres, selecionados com base no continente de origem. Melhor surfista elegível de cada género de África, Ásia, Europa e Oceania;
  • 2019 Jogos Pan-americanos: primeiro homem e primeira mulher elegíveis nas competições de surf.

Ranking do Circuito Mundial das Olimpíadas de 2020

Masculino

1) Ítalo Ferreira (BRA)
2) Gabriel Medina (BRA)
3) Jordy Smith (AFS)
4) Filipe Toledo (BRA)
5) Kolohe Andino (EUA)
6) Kanoa Igarashi (JAP)
7) Owen Wright (AUS)
8) John John Florence (EUA)
9) Jeremy Flores (FRA)
10) Kelly Slater (EUA)
11) Julian Wilson (AUS)
12) Seth Moniz (EUA)
12) Ryan Callinan (AUS)
14) Wade Carmichael (AUS)
15) Michel Bourez (FRA)

Feminino

1) Carissa Moore (EUA)
2) Caroline Marks (EUA)
3) Lakey Peterson (EUA)
4) Sally Fitzgibbons (AUS)
5) Stephanie Gilmore (AUS)
6) Tatiana Weston-Webb (BRA)
7) Courtney Conlogue (EUA)
8) Johanne Defay (FRA)
9) Malia Manuel (EUA)
10) Nikki Van Dijk (AUS)
11) Brisa Hennessy (CRC)
12) Silvana Lima (BRA)
13) Coco Ho (EUA)
13) Bronte Macaulay (AUS)
15) Keely Amdrew (AUS)
16) Paige Hareb (NZL)

Transmissão do Surf nas Olimpíadas de  2020

olimpíadas 2020
Foto: (reprodução/internet)

As Olimpíadas de 2020 serão transmitidas pelos canais de esporte em geral, incluindo o BandSports que é o canal oficial de transmissão no Brasil. O canal é disponibilizado na Tv por assinatura. A transmissão será em tempo real e a cobertura completa de todos os jogos.

ANÚNCIO